Transformar lixo em energia limpa, economicamente sustentável

Este é o desafio da Gás Verde S.A., empresa responsável pelo processamento do biogás gerado com o lixo acumulado durante décadas no Aterro de Gramacho, na Baixada Fluminense. O biogás é purificado até obter a qualidade equivalente de gás natural, transformando-se em gás verde, que é então transportado para abastecimento parcial da Refinaria de Duque de Caxias (REDUC), da Petrobras, em uma iniciativa inédita no mundo.

Pela primeira vez, uma refinaria funciona utilizando gás verde, renovável como derivado de biogás, para atender suas necessidades energéticas. O trabalho iniciou em 2009, quando a Novo Gramacho Energia Ambiental S.A. iniciou a extração e produção do biogás bruto, do aterro através de 301 poços de produção, tubulações de coleta e estação de bombeio. O gás, até então era simplesmente queimado, impedindo que o metano – que tem impacto 21 vezes maior que o gás carbônico em termos de efeito estufa – fosse lançado na atmosfera.


Uma história de Transformação


Sustentabilidade

Gás Verde : Tecnologia gerando Biogás